Gestão e Políticas Ambientais

duração: 4 semestres
120 ECTS (60 obrigatórios e 0 optativos em UCS; )
data de acreditação: 15/06/2010
prazo de acreditação(anos): 6
Cód. Par Estabelecimento/DGES: 0602/M460

Apresentação

O Mestrado em Gestão e Políticas Ambientais (MGPA) é um curso em associação entre a Universidade de Évora, Universidade de Aveiro, Universidade Nova de Lisboa-Faculdade de Ciências e Tecnologias que circula de forma rotativa pelas 3 instituições. Adquire em consequência uma dimensão interinstitucional e interdisciplinar, através da integração de áreas científicas do Ambiente, com outras associadas a uma formação de carácter Sociológico, Económico, de Relações Internacionais e de Direito Ambiental.O MGPA propõe abordar a questão ambiental partindo de uma postura direcionada para um ensino/aprendizagem interdisciplinar que torne os seus intervenientes mais tolerantes, abertos ao diálogo e consequentemente mais capazes para intervirem em questões ambientais aos diferentes níveis, local, regional, nacional e internacional. Estas questões em toda a sua complexidade emergem como uma das mais importantes problemáticas contemporâneas e a interdisciplinaridade surge como uma estratégia epistemológica fundamental para lhe fazer face. Uma aprendizagem em contexto interdisciplinar na área do Ambiente apresenta um enorme impacte positivo para os participantes, especificamente no que se relaciona com a integração de múltiplas aprendizagens a partir da compreensão de diferentes causas ou fatores que intervém sobre a realidade; integração de diferentes linguagens e abordagens científicas essenciais para o conhecimento; desenvolvimento de pontes e áreas de convergência para uma atuação efetiva que promova uma cidadania responsável aliada a um ensino/aprendizagem de Excelência. 

Saídas Profissionais

É esperado que o MGPA contribua para uma formação científica diferenciadora, enriquecida por ensino/aprendizagem inter/transdisciplinar que torne os participantes mais competitivos e disponíveis para encarar novos desafios, nomeadamente para iniciar os seus próprios projetos na área abrangente e interdisciplinar do ambiente (capacidade de empreendedorismo). Os estudantes ficaram aptos para integrar equipas multidisciplinares tais como empresas de consultoria ambiental e organismos do setor público e privado, onde seja necessário articular a complexidade das temáticas ambientais.

Complementarmente, o MGPA, através da sua estrutura interdisciplinar, representa uma oportunidade para os técnicos superiores de instituições estatais e/ou privadas que pretendam alargar o âmbito das suas formações mais clássicas.

Adjunto(s)

João Paulo Fernandes

Gestor Académico

Hugo Alexandre Velho Vilalva Sena

Teses Concluídas

Clique aqui.