Documentos

Divisão de Apoio Técnico-Administrativo (ECT)

Fotografia
Chefe de Divisão

Funcionários

Competências

Estatutos da ECT – Despacho n.º 5969/2016 (2ª Série), de 4 de maio – artº 39º Regulamento da Divisão de Apoio Técnico-Administrativo da Escola de Ciências e Tecnologias – Ordem de Serviço 1/2016/ECT/UE de 11 de Novembro

Apoiar técnico-administrativamente, de forma sustentável, as estruturas da escola, capacitando-a na concretização das estratégias e politicas desenhadas, com vista à realização da sua missão. Coordenar as atividades da unidade de modo a assegurar a sua eficiência e garantir a qualidade dos serviços prestados.

(Fonte: Entrevista individual)

1. Apoiar as estruturas orgânicas da escola, designadamente:
a) secretariado e expediente
b) gestão de recursos humanos
c) gestão de recursos materiais e financeiros
2. Prestar apoio às atividades académicas, ao ensino, à investigação e prestação de serviços
3. Gerir o orçamento de funcionamento da Escola e todos os procedimentos associados
4. Gerir os processos de aquisição de bens e serviços
5. Apoiar na comunicação e execução das ações e projetos da Escola
6. Apoiar no vetor do planeamento estratégico (Plano de atividades, relatórios, estudos de monitorização, estudos exploratórios)
7. Apoiar projetos de internacionalização
8. Apoiar na implementação e gestão do sistema de garantia da qualidade
9. Responder a todas as solicitações da Reitoria (Fonte: Entrevista individual)

Perfis Gerais das Pessoas para os Requisitos e Competências/Atribuições

Competências Técnicas
1. Formação em gestão
2. Formação em ciências humanas e sociais
3. Formação e experiência em secretariado e técnicas administrativas
4. Formação na área da matemática e estatística
5. Formação na área da legislação
6. Conhecimentos de língua estrangeira (inglês, espanhol e francês)
7. Conhecimentos de informática na ótica do utilizador (SIIUE, GESDOC e Office)

Competências Pessoais
1. Gestão de conflitos
2. Trabalho em equipa
3. Proatividade
4. Espírito de iniciativa
5. Responsabilidade
6. Espírito de abertura/Adaptabilidade
7. Frontalidade / partilha de informação
8. Compromisso com o serviço
9. Orientação para os resultados
10. Melhoria contínua

(Fonte: Entrevista individual)

Esta informação ainda não incorpora o contributo dos trabalhadores, indicados pelos superiores hierárquicos, que participaram nas sessões realizadas pelo grupo de trabalho nomeado pelo Despacho nº 42/2016, de 16 de maio.